. Faculdade Araguaia  

GRADUAÇÃO

Segurança no Trabalho - Tecnólogo

O curso de Tecnologia em Segurança no Trabalho da Faculdade Araguaia tem como missão colaborar com o desenvolvimento da segurança do trabalho na região. Pretende-se formar profissionais capacitados para atuarem no gerenciamento de segurança do trabalho, em prol da proteção da saúde e segurança dos trabalhadores e do meio ambiente. Assim, através dessa graduação tecnológica, busca-se incentivar o desenvolvimento da capacidade empreendedora e a produção e inovação científico-tecnológica; desenvolver competências tecnológicas voltadas para a área de segurança no trabalho; e incentivar e propiciar a continuidade dos estudos em cursos de pós-graduação. Além de propiciar a compreensão e a avaliação dos impactos ambientais, sociais e econômicos resultantes da incorporação de novas tecnologias no ambiente de trabalho.

Portaria de Autorização MEC nº 80 de 18/02/2019 – DOU 20/02/2019.

MATRIZ CURRICULAR

  DISCIPLINAS DO 1º PERÍODO CARGA HORÁRIA
Comunicação Empresarial 72h
Estatística Aplicada 72h
Informática Aplicada 72h
Introdução à Tecnologia da Gestão em Segurança no Trabalho 72h
Ética, Política e Sociedade 72h
Gestão Ambiental e Sustentabilidade 36h
CARGA HORÁRIA TOTAL - 1º PERÍODO 396h
 
  DISCIPLINAS DO 2º PERÍODO CARGA HORÁRIA
Administração de Sistemas em Segurança no Trabalho 72h
Psicologia na Segurança no Trabalho 72h
Ergonomia 72h
Higiene e Segurança no Trabalho I 72h
Direito, Legislação e Normas Técnicas em Segurança do Trabalho 72h
Projetos Gráficos em Segurança no Trabalho 36h
CARGA HORÁRIA TOTAL - 2º PERÍODO 396h
 
  DISCIPLINAS DO 3º PERÍODO CARGA HORÁRIA
Gestão de Custos 72h
Medicina do Trabalho 72h
Higiene e Segurança no Trabalho II 72h
Gestão e Sistemas de Qualidade 36h
Prevenção e Controle de Riscos em Máquinas, Equipamentos e Instalações I – Civil e Elétrica - NR 18 e NR 10 72h
Biossegurança e Segurança em Serviços de Saúde – NR 32 72h
Optativa I 36h
CARGA HORÁRIA TOTAL - 3º PERÍODO 432h
 
  DISCIPLINAS DO 4º PERÍODO CARGA HORÁRIA
Organização da Emergência 72h
Gestão de resíduos e saneamento ambiental 72h
Organização dos Serviços de Segurança e Saúde no Trabalho 72h
Perícias e Laudos Técnicos 72h
Prevenção e Controle de Riscos em Máquinas, Equipamentos e Instalações II – Mecânica – Urbano (Industrial) e Rural (NR 12 e NR 31) 72h
Optativa II 36h
CARGA HORÁRIA TOTAL - 4º PERÍODO 396h
 
  DISCIPLINAS DO 5º PERÍODO CARGA HORÁRIA
Gerência e Inspeção de Riscos 72h
Economia 72h
Gestão de Stress 72h
Gestão de Saúde e Segurança no Trabalho I 72h
Segurança Contra Substâncias Perigosas 72h
Optativa III 36h
CARGA HORÁRIA TOTAL - 5º PERÍODO 396
 
  DISCIPLINAS DO 6º PERÍODO CARGA HORÁRIA
Empreendedorismo 72h
Prevenção Contra Incêndios e Explosões 72h
Segurança nos Estabelecimentos 72h
Auditoria Interna 72h
Gestão de Saúde e Segurança no Trabalho II 72h
Qualidade de Vida no Trabalho 36h
CARGA HORÁRIA TOTAL - 6º PERÍODO 396h
 
  TOTAL DE CRÉDITOS CARGA HORÁRIA
Matriz curricular 2412h
Carga Horária Teórica 1404h
Carga Horária Prática 1008h
Atividades Complementares 68h
Carga Horária Total 2480h
 
  DISCIPLINAS OPTATIVAS CARGA HORÁRIA
Direitos Humanos 36h
Educação das Relações Étnico-Raciais e o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana 36h
Antropologia e Cultura Brasileira 36h
Educação Ambiental 36h
Planejamento Estratégico 36h
Direito Empresarial 36h
LIBRAS 36h
 

O trabalho do profissional Tecnólogo em Segurança no Trabalho é exercido em empresas de diversos ramos de atividade, embora haja predominância no ramo industrial – um dos ramos de atividade característicos da Região Metropolitana de Goiânia, principalmente do polo industrial de Aparecida de Goiânia e de Senador Canedo. Assim como de cidades vizinhas, a exemplo de Anápolis, através de seu Distrito Agroindustrial, conhecido como DAIA. Dessa forma, dentre as atividades econômicas do ramo industrial, passível de atuação do profissional no Estado, destacam-se: metalúrgicas; indústrias alimentícias; indústrias de fabricação de máquinas e equipamentos; indústrias automobilísticas e indústrias farmacêuticas. Com relação às instituições empregadoras, a demanda do mercado por estes profissionais pode estar vinculada a pequenas empresas.

Tais profissionais tecnólogos também encontram oportunidades de trabalho nas atividades de Consultoria e Assessoria em Saúde e Segurança Ocupacional. Oportunidade esta, justificada pela importância dos profissionais da área na promoção da saúde e segurança dos trabalhadores, assim como na melhoria da qualidade de vida no trabalho. No cenário trabalhista atual, a demanda por consultores e assessores se sustenta pela necessidade de profissional que realize um diagnóstico das atividades da empresa para o devido cumprimento das diversas normas aplicáveis. Assim como, aquelas que necessitam de consultor para auxiliar na implantação e monitoramento de Sistemas de Gestão em Saúde e Segurança do trabalho.

A título de futuro próximo, a implementação das diversas fases do projeto do Governo Federal denominado Esocial (Sistema de Estruturação Fiscal Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas) nas empresas públicas e privadas, tende a ampliar consideravelmente a demanda por profissionais da área. Assim, o conhecimento aprofundado sobre o Esocial e sua dinâmica de implementação e monitoramento, constitui-se em uma especialidade promissora do profissional que atua na área de segurança ocupacional.

A título de continuidade dos estudos, uma das diversas áreas de especialização é a Ergonomia. O gerenciamento das atividades de saúde e segurança a ser impulsionado pelo futuro promissor do Esocial, amplia os horizontes do profissional de segurança do trabalho com especialização em Ergonomia, área, até em então, com carência de profissionais especialistas na grande Goiânia. A Ergonomia está voltada para adaptação das condições de trabalho, aplicando teoria, princípios e métodos a fim de otimizar o bem-estar do trabalhador e o consequente desempenho de suas atividades.

O curso de Tecnologia em Segurança no Trabalho da Faculdade Araguaia tem como missão colaborar com o desenvolvimento da segurança do trabalho na região. Pretende-se formar profissionais capacitados para atuarem no gerenciamento de segurança do trabalho, em prol da proteção da saúde e segurança dos trabalhadores e do meio ambiente. Assim, através dessa graduação tecnológica, busca-se incentivar o desenvolvimento da capacidade empreendedora e a produção e inovação científico-tecnológica; desenvolver competências tecnológicas voltadas para a área de segurança no trabalho; e incentivar e propiciar a continuidade dos estudos em cursos de pós-graduação. Além de propiciar a compreensão e a avaliação dos impactos ambientais, sociais e econômicos resultantes da incorporação de novas tecnologias no ambiente de trabalho.

Infraestrutura para o curso

As condições de infraestrutura física e tecnológica para o ensino e a iniciação científica atendem perfeitamente o número de 240 vagas solicitadas para o curso superior de Tecnologia em Segurança no Trabalho.

Infraestrutura da Faculdade Araguaia Unidade Passeio das Águas:

BLOCO I - Área construída: 2.652 m², distribuída em um pavimento, (referente a 1ª etapa):

Pavimento térreo:
» 01 Sala – Recepção;
» 01 Sala – Biblioteca;
» 01 Sala de Professores;
» 01 Sala – Secretaria;
» 01 Sala – Departamento Financeiro;
» 01 Sala – Laboratório de Informática;
» 07 Salas – Professores de Tempo Integral;
» 06 Salas – Coordenação de Cursos;
» 01 Sala – CPA
» 01 Núcleo de Prática Jurídica: sala de coordenação, sala de audiência e conciliação, sala de reunião, salas de atendimento, salas de apoio.

Laboratórios:
» 01 Laboratório de Segurança do Trabalho e Ergonomia;
» 01 Laboratório de Prevenção e Combate a Incêndio e Suporte Básico a Vida;
» 01 Laboratório de Gastronomia;
» 01 Laboratório de Bromatologia;
» 01 Laboratório de Estética;
» 01 Laboratório de Anatomia Humana;
» 01 Laboratório de Bioquímica;
» 01 Laboratório de Histologia;
» 01 Ateliê de Design de Modas.

Biblioteca Carmo Bernardes
A biblioteca está habilitada para o atendimento a pessoas portadoras de necessidades especiais (deficiência física). O espaço físico da Biblioteca se subdivide em 4 (quatro) áreas, para a seguinte utilização:

» Área 1: destinada ao acervo, contendo 9 (nove) estantes centrais em aço e 02 (duas) estantes em aço, balcão de atendimento e 1 (um) microcomputador para controle do acervo;
» Área 2: destinada à leitura, contendo 6 (seis) mesas com tampo em fórmica, com capacidade para 4 (quatro) alunos cada;
» Área 3: destinada a salas de estudos em grupo, com 2 (duas) salas, contendo mesas com tampo em fórmica, com capacidade para 4 (quatro) alunos cada.
» Área 4: destinada a pesquisa, contendo 10 (dez) baias com tampo em fórmica e 4 (quatro) microcomputadores interligados a internet, com capacidade para 01 (um) aluno cada.

CONCLUSÃO DO RELATÓRIO DE ESTUDO

Através de análise da demanda social para o curso, fundamentado em estudos e pesquisas com a comunidade acadêmica, análise da dimensão do corpo docente e as condições de infraestrutura física e tecnológica para o ensino e a iniciação científica, fica evidente que existe demanda para atendimento as vagas solicitadas para o curso de Tecnologia em Segurança no Trabalho

CORPO DOCENTE

Ma. Cristina de Fátima M. Antunes

Dra. Elaine Nicolodi

Dr. Fernando Ernesto Ucker

Me. Hamilcar Pereira e Costa

Ma. Isabelle Rocha Arão

Me. Marcos Santos da Silva

Dr. Milton Gonçalves Silva Junior

Dra. Paola Regina Carloni

Me. Regys Rodrigues da Mota

Dr. Ronaldo Rosa Junior

Ma. Viviane de Souza Dias